Home / NOTICIAS >> VER TODAS / Entrevista Gilsinho e Tadeu, TV ALES (28-05): valorização dos peritos e insalubridade

Entrevista Gilsinho e Tadeu, TV ALES (28-05): valorização dos peritos e insalubridade

Entrevista para a TV ALES do Deputado Gilsinho Lopes e do Perito Tadeu Nicoletti, retratando a importância do trabalho da Perícia Oficial para a resolução dos crimes, em especial o crime ocorrido em Linhares/ES recentemente que vitimou duas crianças e que causou grande comoção social.

Na entrevista, o Deputado Gilsinho Lopes se compromete a levar ao Governo a necessidade de valorização dos Peritos Oficiais, que estão com o pior salário do país, também sendo tratado na entrevista as questões da insalubridade dos peritos e do inexplicável número de 06 (seis) gratificações de chefias destinadas à Superintendência de Polícia Técnico-Científica, dentre as 242 (duzentos e quarenta e duas) previstas na lei para os setores da Instituição.

Ressaltando-se que a lei prevendo o adicional de insalubridade dos Peritos já foi publicada há 08 (oito) meses, sem que seu pagamento seja efetivado, e das 242 (duzentos e quarenta e duas) gratificações de chefias distribuídas para a PC/ES, somente 06 (seis) foram destinadas aos três Departamentos que compõem a estrutura da Perícia Oficial (de Criminalística, de Identificação e Médico Legal).

Foi requerido que o início da retomada das negociações pela valorização salarial dos Peritos Oficiais seja retomada imediatamente, conforme havia sido apalavrado com o Governo, já tendo se passado mais de dois meses desde o compromisso firmado que essa negociação seria retomada. Salienta-se que o pior salário do país tem sido motivo de grande insatisfação dos integrantes da categoria, tornando difícil a permanência de vários Peritos nos cargos em função dos baixíssimos salários, bem como manter o padrão de qualidade exigido para os profissionais que ingressam nos quadros da Perícia Oficial.

Verifique Também

ASSEMBLEIA GERAL DOS PERITOS OFICIAIS

Assembleia Geral dos Peritos Oficiais Capixabas deliberando sobre os rumos da categoria e a construção ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *