Home / INFORMAÇÕES / PC ANUNCIA INVESTIMENTOS, MAS PARA O DEPARTAMENTO DE IDENTIFICAÇÃO MAIS UMA VEZ DIRECIONA QUASE NADA
tribuna matria pericia 20-05 3

PC ANUNCIA INVESTIMENTOS, MAS PARA O DEPARTAMENTO DE IDENTIFICAÇÃO MAIS UMA VEZ DIRECIONA QUASE NADA

tribuna matria pericia 20-05  3

Em matéria publicada no jornal “A Tribuna” (20-05), a Polícia Civil anunciou que “investiu” vinte milhões na Polícia Técnica, objetivando adquirir diversos equipamentos para auxiliar na resolução dos crimes (matéria no final do texto).

Para o Departamento de Identificação, de concreto mesmo saiu publicado apenas o Laboratório de Retrato Falado (?!), que não consome a milésima parte desse montante.

E o total abandono do Departamento continuará a deixar os cidadãos completamente reféns dos criminosos, haja vista que o setor da Polícia Técnica que nunca viu investimentos por parte do Estado é exatamente o Departamento de Identificação.

O Governador Renato Casagrande tem se esforçado para reparar esse histórico abandono, conforme comprova a nomeação de mais peritos papiloscópicos do que o número que previa o edital do concurso para o cargo, realizado, acreditem se quiserem, depois de 22 (vinte e dois) anos sem preenchimento de vagas. 

Mesmo assim, a situação é tão caótica, que do total de 70 (sententa) vagas para o cargo, até o presente momento só 43 (quarenta e três) peritos papiloscópicos tomaram posse. Vários passaram em outros concursos que pagam bem melhor e outros desistiram de ingressar ao tomarem conhecimento da ausência até de um laboratório mínimo para que possam trabalhar e realizar as perícias em prol da sociedade. O desânimo é total!

Mas, de nada adianta o esforço do Governador se seu staff simplesmente não leva as informações corretas para seu Gabinete, o que faz com que os criminosos continuem atuando leves e soltos, numa crescente de impunidade que submete os capixabas a uma violência sem controle.

Não levam as informações e movidos por vaidades ou espírito vingativo fingem desconhecer que o que buscam combater (a criminalidade) depende para entrar nos eixos de investimentos básicos especialmente no Departamento de Identificação. Enquanto não forem efetivados esses investimentos e o Departamento não merecer tratamento digno para poder exercer de fato suas atribuições, o estado caótico perdurará. E o que os peritos papiloscópicos pedem são investimentos mínimos que nunca foram feitos.

Por mais que nos reunamos com pessoas de seu staff, passando as informações corretas e a situação do Departamento, o que se vê são evazivas do passado que em nada colaboraram para a diminuição da criminalidade. Gasta-se equivocadamente o dinheiro público, ignorando-se o setor que deveria ser o primeiro a ser atendido.

Se no Distrito Federal, após os investimentos do Governo Federal, o Instituto de Identificação passou a ser responsável, sozinho, pela elucidação de quase 30% dos crimes, nota-se que os equívocos reiterados mantêm o ES nos primeiros lugares nos indices de homicídio e de crimes contra o patrimônio. E isso só diminuírá com investimentos na perícia papiloscópica. Caso contrário, os criminosos vão continuar mandando e desmandando sem provas contra eles.

Enquanto isso, aqui no ES, ficamos mendigando apoio e oportunidade de auxiliar contundentemente as investigações e a sociedade. 

Acompanhamento do MP

Como a aquisição de equipamentos para a Polícia Técnica reflete diretamente nas atividades do Ministério público (controle externo da atividade policial – produção de provas contra os criminosos), além de envolver quantias imensas do erário, a APPES vai requerer o acompanhamento do MP e mostrar que o abandono do Departamento de Identificação é causa primordial da impunidade reinante.

Enquanto somos forçados a fazer um acompanhamento diário do não acionamento dos peritos papiloscópicos para levantarem provas em centenas de crimes contra a vida e contra o patrimônio, o MP anuncia que 16.000 (dezesseis mil) inquéritos encontram-se parados, sem solução alguma, por absoluta falta de provas contra os criminosos.

Desse total inimaginável de crimes (16.000) sem solução, os peritos papiloscópicos não foram acionados prontamente para periciar nenhum deles. Basta se pegar cada inquérito e se constatar. Algo inacreditável que atenta contra os direitos da categoria e da população refém dos criminosos. Ou seja: a conta só vai aumentar ano a ano.

Dá pra acreditar numa coisa dessas?!

SEM INVESTIMENTOS NO DEPARTAMENTO DE IDENTIFICAÇÃO

OS CRIMINOSOS CONTINUARÃO IMPUNES E 

A SOCIEDADE SEMPRE PAGARÁ A CONTA!

tribuna matria pericia 20-05  2

Verifique Também

CHAPA PERÍCIA AUTÊNTICA VAI DIRIGIR A APPES NO TRIÊNIO 2016/2018

CHAPA PERÍCIA AUTÊNTICA VAI DIRIGIR A APPES NO TRIÊNIO 2016/2018 A Chapa Perícia Autêntica – ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *