Home / NOTICIAS >> VER TODAS / Peritos do Estado denunciam falta de equipamentos de proteção e podem parar atividades

Peritos do Estado denunciam falta de equipamentos de proteção e podem parar atividades

Informação: o número de infectados aumentou depois da notícia

Até agora, o Estado confirmou que cinco peritos estão contaminados com covid-19 e outros quatro aguardam resultado de exames

Redação Folha Vitória05 de Maio de 2020 às 16:22Atualizado 05/05/2020 16:22:15

O Sindicato dos Peritos do Estado denuncia a falta de equipamentos de proteção para os profissionais durante a pandemia. Atualmente, seis servidores estão contaminados e afastados do trabalho.

O Espírito Santo tem 210 peritos criminais. Desses, pelo menos 30% trabalham nas ruas, atendendo casos de acidentes de trânsito e mortes violentas. Uma função que envolve riscos de saúde durante a pandemia. Até agora, o Estado confirmou que cinco peritos estão contaminados.

O presidente do Sindicato dos Peritos do Estado, Antônio Tadeu Nicoletti, afirma que recebe diariamente denúncias de profissionais. Uma das principais reclamações é sobre a falta de equipamentos de proteção. 

De acordo com ele, há duas semanas a categoria teria recebido máscaras do tipo N-95, que possuem capacidade de filtragem adequada para a função, mas que nem todos os peritos chegaram a ser contemplados.

Outra preocupação do sindicato é quanto ao serviço de perícia no Estado. A entidade afirma que,  se os casos de contaminação continuarem aumentando entre os servidores,  não está descartada a suspensão do trabalho desses profissionais.

O presidente do sindicato afirma que a categoria vai continuar pressionando o governo do Estado para que todos os servidores sejam testados para a covid-19.

O OUTRO LADO

A Polícia Civil, por meio da Superintendência de Polícia Técnico Científica (SPTC), informou que sempre manteve um estoque de equipamentos de proteção individual (EPIs) dentro das necessidades, tanto para peritos de locais de crime quanto para laboratórios, Departamento Médico Legal (DML) e Serviços Médicos Legais (SMLs). 

Com a pandemia do novo coronavírus, todos os peritos receberam reforços nos EPIs, com máscaras dos tipos cirúrgicas, N-95 e protetora de face, luvas, toucas, propés e macacões descartáveis. Mesmo com o aumento da demanda por equipamentos, nao há registro de falta de EPIs para os profissionais.

Apesar da dificuldade da aquisição desses equipamentos, devido à grande procura, a Polícia Civil, de forma emergencial, está adquirindo maiores quantidades desses EPIs, e também trabalha com a possibilidade de receber um aporte de suprimentos da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP).

Quanto às equipes plantonistas, de atendimento a locais de crime, a SPTC tomou medidas de separação dos distintos núcleos (morte violenta e patrimônio), evitando ao máximo a aglomeração de Peritos nos alojamentos, fixando as duplas, reduzindo o contato desnecessário entre um maior número de Peritos, além de orientar e exigir de todos os servidores o uso de máscaras, mesmo que caseira, em todos os ambientes da SPTC.

KITS

A Polícia Civil infotmou, ainda, que recebeu um lote de 240 kits para testagem dos servidores, e os testes estão sendo realizados em policiais – peritos ou de outras unidades- que apresentam sintomas há pelo menos oito dias, de forma a tornar mais eficiente a triagem.

A Polícia Civil informou que cinco profissionais da perícia técnico-científica tiveram diagnósticos positivos para covid-19 e mais um aguarda o resultado. Os profissionais com testagem positiva foram imediatamente afastados de suas atividades e estão recebendo todo o suporte necessário da instituição.

A Polícia Civil disse que tem mantido um diálogo constante e diário com a categoria e possui bom relacionamento com os mesmos. Todos os pleitos são analisados e, até o momento, não há sinalização de qualquer tipo de paralisação de serviços.

Com informações de Aline Proença da TV Vitória/ RecordTV

Verifique Também

Parabéns, Policial Civil Aposentado

Parabéns a todos e todas Policiais Civis Aposentados pelo seu dia. Dia 28 de março, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *