Home / NOTICIAS >> VER TODAS / GOIÁS BIOMÉTRICO: CONSTATEM A DIFERENÇA DE UMA SEGURANÇA PÚBLICA VOLTADA PARA A SOCIEDADE

GOIÁS BIOMÉTRICO: CONSTATEM A DIFERENÇA DE UMA SEGURANÇA PÚBLICA VOLTADA PARA A SOCIEDADE

competencia2Governo de Goiás demonstra que elencar prioridades, colocar pessoas capacitadas nos lugares certos e, efetivamente, praticar uma administração meritocrática voltada para os interesses sociais, é obrigação para os que querem dar respostas contra a criminalidade e ofertar melhores serviços para a população.

Ao contrário do que se pratica no ES, local em que a meritocracia e a competência cedem diante de “administradores” que pensam que “sentar no colinho” é critério administrativo de ponta, nada vai adiante. E pelo andar da carruagem só continuará andando para trás porque o que se vê praticar na verdade é o atraso permanente para os cidadãos.

Anos de enrolo, enrolo, enrolo… E o governo de Goiás bancou do erário – aqui nem com a iniciativa privada por meio de uma Parceria Público-Privada bancando tudo conseguem fazer sair do papel. Caso de polícia!

A primeira atitude do secretário de segurança de Goiás foi convocar o Presidente da Fenappi, Antônio Maciel Aguiar Filho – um perito que é reconhecido em todo o país pela competência e conhecimento -, para encabeçar o Departamento de Identificação e a implantação do sistema biométrico goiano.

O resultado está sendo a transformação de Goiás como modelo para todo o Brasil, na área da identificação humana, civil e criminal, na resolução de crimes e da identificação cadavérica de vítimas e criminosos.

Segue abaixo matéria de um governo que pensa grande e na sociedade. Que tem como princípio basilar a competência:

goias-biometrico2-350x241“O vice-governador e titular da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton, e o delegado-geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio, participaram, na manhã desta quinta-feira (8), no Auditório da Polícia Técnico-Científica, da apresentação a respeito do Programa Goiás Biométrico, projeto realizado pela pasta, que representa um salto no trabalho policial, sobretudo, no que diz respeito a identificação de suspeitos e elucidação de crimes.

O programa Goiás Biométrico, considerado o que há de mais moderno no Brasil, foi adquirido mediante contrato com o Consórcio das empresas OKI, Biológica e a japonesa NEC, proprietária do sistema AFIS. “O projeto possibilita uma amplitude no rápido confronto de fragmentos de impressões digitais em locais de crimes com os arquivos do Instituto de Identificação”, resumiu José Eliton.

A identificação por biometria dá aos delegados de polícia mais agilidade e segurança em suas investigações e, aos juízes, uma prova inconteste quanto à identificação. Na área civil, o Goiás Biométrico também terá a missão da nova cédula da Carteira de Identidade. Com a implantação do novo sistema, o prazo para emissão deve cair de 15 para três dias na capital e de 30 para 10 dias, no interior”.

Confira também no site da Sesp-GO: Estado cria banco de dados digitais que garante mais agilidade na elucidação de crimes (CLIQUE AQUI)

Parabéns, Secretário de Segurança de Goiás! Parabéns Governador de Goiás!

Verifique Também

A quem interessa?

Conheça o trabalho dos Peritos Oficiais Criminais. Espírito Santo paga pior salário do país paraos ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *