Home / NOTICIAS >> VER TODAS / VEJAM A QUE PONTO CHEGAM OS “CRIMINOSOS” DO GOVERNO!

VEJAM A QUE PONTO CHEGAM OS “CRIMINOSOS” DO GOVERNO!

ipajm.jpg - 8.38 KbTemos uma associada aposentada que faz hemodiálise 15 anos.

alguns anos, os médicos chegaram a dar somente mais cinco anos de vida para essa policial, em face da gravidade do seu caso. Mas, valente como toda policial, a associada contrariou todos os prognósticos médicos e tem sobrevivido com muita dificuldade.

Essa policial tem que fazer hemodiálise três vezes por semana e seu estado é tão delicado que ela não pode nem andar de ônibus porque suas veias encontram-se tão sensíveis que ao menor toque podem se romper, causando uma hemorragia até a morte.

Vários colegas ajudam essa policial, pois seus gastos com transporte para ir fazer as hemodiálises comprometem parte considerável do seu salário. Ela vai de taxi porque até hoje não se conseguiu arrumar um transporte do próprio Estado para levá-la de casa para o hospital e vice-versa. E ainda tem todos os remédios que usa e que são caros, que nunca foram bancados pelo Estado.

Do IPAJM recebeu e recebe contas a pagar!

Essa policial passou o calvário com o IPAJM, que não admitia que ela passasse a receber por subsídio. E ela é aposentada antes de 2003, ou seja: possui direito indiscutível à paridade salarial plena. Ameaçaram a policial de todas as formas, até que se conseguiu incluí-la no subsídio, fazendo com que seu salário aumentasse um pouco.

Ontem, dia 10/10, a policial recebeu um comunicado do IPAJM para que ela compareça ao Instituto. A colega telefonou desesperada porque está acreditando que seu salário deve ser diminuído e ainda vão descontar parcelas sob a alegação de que ela estava ganhando aposentadoria integral quando deveria ser proporcional.

Isso porque essa colega se aposentou por problema de saúde, tendo que deixar os quadros dos policiais antes de completar os 30 anos de serviços. O desespero tomou conta da policial!

Além de gravemente doente, abandonada pelo Estado, tendo que arcar com todo seu tratamento sozinha e com ajuda de colegas, ainda é ameaçada em casa por um Instituto de Previdência que exige que ela se desloque de sua residência sem poder e sem ter dinheiro para tanto.

Vamos comunicar ao IPAJM que essa colega não pode sair de casa, pois eu estado é gravíssimo e ela pode vir a falecer. Vamos ver qual vai ser a atitude dos carrascos do IPAJM!

Caso contrário, vamos entrar com uma ação judicial para tentar garantir que ela não seja ameaçada em seus direitos. Será que sai uma liminar para protegê-la na calada na noite?! Ou vamos ter que fazer mais um protesto nas portas dos carrascos de aposentados?!

Verifique Também

A quem interessa?

Conheça o trabalho dos Peritos Oficiais Criminais. Espírito Santo paga pior salário do país paraos ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *