Home / NOTICIAS >> VER TODAS / POPULAÇÃO VAI FICAR SEM IDENTIFICAÇÃO CIVIL E CRIMINAL
24-03 paralisao

POPULAÇÃO VAI FICAR SEM IDENTIFICAÇÃO CIVIL E CRIMINAL

24-03 paralisao

Os peritos papiloscópicos retomaram a OPERAÇÃO CUMPRA-SE A LEI nos serviços do Departamento de Identificação nesta segunda-feira (24). A categoria continuará o movimento até que o edital do concurso seja enviado para a Ales, conforme prometido pela Casa Civil.

E também continuará o movimento até que a isonomia do cargo com os demais da SPTC seja observada e projetos e leis que agridem a autonomia do cargo sejam revertidos.

A não realização de concurso para o cargo, fatalmente fará com que tanto a identificação civil quanto a criminal, e as perícias realizadas pelo cargo, corram sério risco de se tornarem inviáveis. Já temos mais de 700 laudos conclusivos para a Justiça em atraso e mais de 150 laudos de locais de crimes (laudos positivos) sem peritos para fazê-los.

É o retrato fiel da impunidade institucionalizada!

Uma categoria e um Departamento tão importantes para a sociedade, totalmente desvalorizados e abandonados por prepostos sem conhecimento de causa que levam informações distorcidas ao governo, fazendo com que a população fique ainda mais abandonada de serviços imprescindíveis para a cidadania e para a segurança.

Dos 78 Municípios do estado, em apenas 14 existem peritos papiloscópicos. Desses mesmos 78, em pouquíssimos deles há a presença de um perito para efetivar a identificação criminal. Funcionários de prefeituras, sem fé pública para tanto, realizam atribuições do cargo, numa total afronta a legislação.

O Departamento, por falta de perito e de informatização, tornou-se o maior emissor de documentos falsos do ES. Um escárnio que seria motivo de crime de responsabilidade em lugares mais sérios. Uma afronta ao povo.

A categoria vai cumprir a lei e, por incrível que possa parecer a quem lê, fazendo isso para todo o serviço. Esse é o reflexo do abandono da identificação dos cidadãos.

O que está horrível ainda pode piorar…

Sem planejamento mínimo… Este é o quadro da falta de gestão de uma segurança pública que não consegue se planejar para ao menos minimizar a onda perpétua de violência e impunidade no ES.

O governador precisa verificar por que investe e o retorno é totalmente pífio. Precisa verificar o que de fato está errado para sua imagem estar, perante os policiais, ainda mais abalada do que a do governo anterior, que quase nada fez pelas categorias policiais.

Precisa verificar por que a segurança vai de mal a pior, com tendência a chegar às eleições batendo recordes de todo tipo de crime e de impunidade.

Será que o ES é tão diferente dos demais estados para ser eternamente um caos na segurança pública? 

ales 24-03

 

Verifique Também

A quem interessa?

Conheça o trabalho dos Peritos Oficiais Criminais. Espírito Santo paga pior salário do país paraos ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *